TwoBaby

Em Breve!

Em Breve!

domingo, 19 de agosto de 2012

"Pense em uma pessoa intensa"

 Como aguardante, vou aproveitar o tempo de espera para corrigir minhas "falhas" para assim poder fazer nascer uma nova mulher e futura mãe, todo mundo tem defeitos e falhas, sou humana e tenho as minhas, mas quero mudar muitos aspectos em mim antes de me tornar mãe, cruciais para me tornar uma boa mãe, e principalmente ter uma gestação saudável.
 Uma coisa que me incomodada muito é meu nervosismo , que me atrapalha muito, sou do tipo de pessoa que soa as mãos frio , que treme o corpo inteiro e perde o ar em situações de extrema ansiedade e raiva, onde perco o controle de meu corpo e emoções que se tornam a flor da pele, de um belo lago calmo para um tornado descontrolado....
 Outra coisa que preciso mudar é não deixar minha boa educação se tornar algo negativo, isso mesmo, as vezes por educação ignoro e engulo palpites de pessoas as quais nunca peço opiniões mas como boas "cheretas" fazem questão de quererem se impor sobre mim.
 E a mais difícil de se mudar, compulsão , sou uma pessoa que simplesmente não se contenta fácil com as coisas , alguns acham normal, falam que é coisa de mulher, mas não vejo assim, pois me arrependo de quase tudo que faço no impulso , em momentos de reflexão isso se torna um aspecto negativo em mim, muitas amam sapatos, bolsas, esmaltes, roupas, maquiagens, e sempre acabam tendo um número maior em 1 ou 2 desses itens, eu simplesmente exagero em tudo, mais de 40 pares de calçados , mais da metade nunca usados pois foram no impulso, e isso em todo o resto ,coisas muitas coisas acumuladas, itens que nem lembro a quanto tempo tenho sem uso, tenho que trabalhar isso em mim, para não cometer esses 'erros' no futuro com um filho pois não quero uma criança mimada.
 São tantos ajustes, mas vão valer a pena, as vezes não basta ter condições materiais se o psicológico não ajudar, penso assim.
   E o ultimo item não menos importante não ser tão perfeccionista  em tudo, por ser extremamente perfeccionista nada nunca me satisfaz , nada está suficientemente bom para mim, tudo poderia estar melhor, tenho que aprender a viver mais os bons momentos viver um pouco mais o presente ao invés de estar sempre focada no futuro...
 Uma boa semana a minhas queridas poucas leitoras, e para recém chegadas bem vindas ao meu diário..   

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

A garota que não quer crescer ..

 Mais uma vez passei dias sem escrever nada novo, mas vida de aguardante é assim mesmo sem muitas novidades rsrs.
 Estava relembrando como foram as vezes que por um esquecimento acabava falhando a cartela de anticoncepcional , lembrando do pânico e nervosismo principalmente , o medo de ficar grávida era tanto que passava mal o resto do mês, meu marido ao contrário ficava todo esperançoso e feliz.
  E toda vez que a "mostra" dava as caras eu vibrava de alegria, e meu marido ficava sempre muito triste.
 Cada vez que paro para pensar em gravidez me dá um animo , vontade de ter logo um filho, mas é tão passageiro, começo a pensar nos contras sei que as vezes invento barreiras para isso, mas não consigo evitar tais pensamentos..
Me acho muito garota ainda de certa forma creio que ajo como uma adolescente, minhas preocupações estão sempre em sapatos, maquiagens, cabelo,roupas, bolsas, esmaltes etc...
 Sou uma pessoa muito vaidosa, preocupada com a aparência e isso me preocupa um pouco, ou melhor pesa em minha decisão final..
  A gravidez muda o corpo da mulher, esse é meu medo em vez de ficar feliz com a barriga crescendo , entrar em depressão...
 Tenho 23 anos mas a maioria das pessoas sempre pensam que tenho 18, e quando comento que um dia quero ter filhos as pessoas olham espantadas dizendo que sou garota de mais..
 Acho que vou quebrar uma meta , não queria mas sinceramente se continuar com essas dúvidas na minha cabeça será não tem como engravidar, mas não quero ser mãe muito velha, respeito mulheres que tem seus filhos depois dos 30, 35, 40 anos mas eu particularmente não me vejo tendo meu primeiro filho aos 30 anos, quero ter energia, curtir muito, ser uma mãe amiga, bom minha meta é com 26 sempre foi, faço 24 esse ano, ou seja tenho 2 anos para colocar minha cabeça no lugar, alcançar outras prioridades e espero conseguir seguir em frente e realizar esse sonho sem medos , sem anseios e totalmente segura de que é o que realmente quero para minha vida....