TwoBaby

Em Breve!

Em Breve!

terça-feira, 8 de novembro de 2016

Resumindo o Segundo Trimestre ... Baby Sofia

O tempo está voando, e cada vez mais curto, queria ter registrado mais aqui no blog o andar da segunda gestação, mas não foi possível, o corre corre do dia dia, cuidar de Ryan, os preparativos com enxoval tudo isso toma muito meu tempo...
Vou tentar resumir um pouco de como foi o segundo trimestre, com os fatos mais importantes e notórios.

Os sintomas melhoram, os problemas odontológicos e tratamentos acabaram junto com esse trimestre, vou falar mais detalhadamente sobre isso em um outro post até porque rola alguns mitos bem loucos sobre gestante e dentista rs

Realizamos exames importantes como o Morfológico e o ecocardiograma fetal, para nosso alívio tudo correndo tranquilamente bem.
Passamos também pelo cansativo teste de Glicemia, aquele de 3 tiradas de sangue, como estava comendo muita coisa doce até cheguei a me preocupar, mas estou bem longe da diabetes gestacional...
Um desejo antigo realizado nessa segunda gestação a ecografia 4d, nenhum plano cobre infelizmente, mas valeu cada centavo, momento único lindo de se viver, Ryan estava presente mas acabou cochilando no escurinho da sala rs ela é a cara de Ryan só mais gorducha rs 
Religiosamente o Coonbs indireto é realizado, por conta do meu fator rh negativo, mesmo processo e cuidado que tivemos na gestação de Ryan, e graças aos céus nenhuma alteração.
Estou tomando vitaminas pré natais as mesmas de Ryan, ferro, Damater, continuo com ácido fólico, cálcio e por conta o ômega 3 pelos inúmeros estudos comprovando o quão bem faz para o desenvolvimento neurológico do bebê.

Para estrias Luciara, e Nívea hidratação profunda no banho, alternando com óleo puro de uva, e de amêndoas doces esses somente achados em casas naturais ou de produtos vegan.

O ganho de peso está moderado, a barriga ainda pequena ao ponto de não notarem que sou gestante dependendo da roupa, barrigão comigo não rola rs
 Azia marcou presença no finalzinho do 2 trimestre , já se foram 1 garrafinha de anti acido rs
Muita dificuldade para dormir, a bebê é tão agitada quanto Ryan, meche a noite inteira movimentos bruscos e fortes que chegam a assustar, sua posição na barriga ainda é transversal ...

Já comprei algumas coisas cute cute para ela, ainda falta algumas poucas coisas já que tenho muita coisa de recém nascido de Ryan, o que não foi para ela foi destinado para doação.

O mini berço nunca usado de Ryan estava empoeirado usado para colocar brinquedos, já dei um trato nele está novinho em folha, a cômoda dele já passou para ela também rs

Ryan trocou o quarto Disney Rei Leão , por um de Capitão América e Homem De Ferro, ele escolheu jogo de cama, cortina e tudo mais, a mini cama quebrada de tanto ele pular(nunca dormiu nela rs) foi substituída por uma box de solteiro, e um guarda roupas pequeno, deixou de ter cara de quarto de bebê, mas não pense que depois de toda essa mudança ele se interessou pelo novíssimo quarto rs
Ainda dorme em minha cama, agarrado em mim e no pai, para nós funciona bem assim,não causa nenhum problema para nós, algumas pessoas ainda torcem o nariz para cama compartilhada isso é fato, mas eu particularmente não ligo muito para estes comentários um bom sonoro foda-se é suficiente rs

As coisas da Bebe vão ficar no meu quarto, é grande tem um bom espaço, e baseando na experiência com Ryan montar um quarto seria apenas desperdício visto que ela ficará junto de nós.

Meu leite voltou com tudo, Ryan diz sentir um cheiro bom, mas com escurecimento das auréolas se mantem longe, e não tenho intenção de relactação com ele, visto que ele mamou em livre demanda por 2 anos e dois meses, me sinto realizada quanto a isso.

Quanto ao parto, não planejo nada, não crio expectativas com nenhum, vou deixar rolar e ver o que acontece, sem cobranças, sem pressão, se entrar em trabalho de parto e for normal ok, se estiver afim de fazer cesária lá nas últimas semanas ok também tudo "numa" boa como diz Raspútia rs

O nome foi escolhido como podem ver e ler no título será nossa Sofia, assim sem PH mesmo para facilitar a vida rs
Um nome comum, um dos primeiros na lista de nomes, mas curtimos e isso que importa, terá um outro nome assim como Ryan mas não divulgado rs
Estavam em votação, Laura e Alice mas papai não curtiu muito e decidimos juntos por Sofia.
A decoração será no tema de borboletas e poá simples e delicado.

As consultas de mensais estão em quinzenais e em Dezembro passarão para semanais, o ano termina junto com a minha segunda amada gestação.
Nossas ecografias uma ou duas por mês, com Ryan o intervalo era maior, mas dessa fiz questão de mais ecos curtir bastante afinal pode ou não ser nossa ultima gestação...
Ensaio gestante já agendado, um pouco ansiosa para o dia, espero em Dezembro ter tudo pronto, malas prontas, e só relaxar curtir a reta final em paz com a família.

Espero ter conseguido resumir bem, as atualizações estão escassas mesmo, faz parte, quero manter meu cantinho virtual ativo, mesmo que demore meses para compartilhar algo, esse registro ficará para meus filhos lerem no futuro, verem o que senti e o quanto são amados...

Uma boa semana a todos!
Que teu positivo chegue logo!





domingo, 9 de outubro de 2016

Ryan 2 Anos e Meio...

Ainda me assusto quando me dou conta do tempo que se passou, meu bebezinho está cada dia mais homenzinho..
Cheio de pérolas e com uma personalidade pra lá de forte Ryan tem se mostrado cada vez mais impressionante, fala frases completas, diz claramente do que gosta, escolhe o que quer comer e vestir, pede para ir nos seus lugares favoritos...
Por incrível que pareça seu inglês básico tem pronuncia certa, isso porque ele adora vídeos de crianças gringas e neles ensina se as cores, letras e números e canções clássicas que ele canta lindamente <3
Desenhos que fazem sucesso por aqui são o velho e clássico Tom e Jerry, e Masha e o Urso, e Discovery Channel ama animais.
Cresceu bastante estando um pouco acima da média, seu peso ainda é pouco, mas o baixinho não aparenta, pois tem pernas grossas de tanto correr e pular o dia inteirinho, difícil acompanhar mas a gente tenta rs
Curte bastante o universo Dc e Marvel, suas roupas e bonecos giram em torno de vilões e super heróis, ganhou uma caixa de lego onde cria seus dinossauros rs, seu favorito só poderia ser o T rex rs.
Ainda gosta muito de colo, e exige muito minha atenção, tenho que estar sempre perto, tudo é a mamãe, fica bem com o pai até me enxergar rs
Se toma bronca ou ouve não dos avós corre para casa, tem vezes que é bruto, gosta de bater em crianças maiores, persegue os cães e gatos no modo felícia rs
Gosta de se sentir útil, passar pano nos brinquedos, levar o lixo de fraldas para fora, juntar os brinquedos não é sempre mas faz.
Ainda não estamos no desfralde, vou ao tempo dele, ele pede para trocar diz que fez xixi e coco, se esconde para fazer, mas se pergunto se quer usar o troninho ou o vaso ele diz que não que quer na fralda...
Depois ele mesmo pega o lenço, pomada e fralda e deita no sofá ou na cama para ser trocado, depois ele mesmo descarta a fralda no lixo.
Vou ao tempo dele, agora no verão quero deixar ele mais de cuequinha e vamos deixar rolar, não tenho pressa, tenho muita paciência rs
Tem seus momentos de carinho e denguinho com a barriga da mamãe, já incluí a maninha a família aos poucos tem aceitado melhor.
Detesta que eu saia de casa, e olha que só saio sem levar ele no médico, pede para mim não sair...
O que me faz sair cedo com ele ainda dormindo vovó sempre fica com ele nas minhas idas ao médico, exames e dentista, papai acompanha na maioria das vezes, ultras papai vai em todas assim como as de Ryan.


Bom meus amores esse é um resumo de como estamos, estou sempre correndo apesar da barriga estar pequeninha me sinto mais cansada no final do dia, mesmo com toda ajuda e parceria do marido...

Uma boa semana a todas!

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Diferenças entre primeira e Segunda Gravidez...

Hoje venho contar um pouco sobre as diferenças mais significantes que pude notar entre as gestações, algumas me surpreenderam um pouco...

Enjoos : Da gravidez de Ryan desconhecia completamente essa palavra, não senti absolutamente nenhum desconforto como enjoos e náuseas...
Agora na segunda gravidez sofri o primeiro trimestre inteirinho com fortes enjoos e náuseas ao ponto de não conseguir me alimentar e perder muito peso, não teve remédio, dica , nada absolutamente nada que ameniza-se e assim foi até 17 semanas.



Pele e cabelo: Na primeira gravidez tive muita acne, braços, costas, colo, encheu de um modo assustador, e os cabelos também deram uma boa ressecada...
Já na segunda, minha pele está melhor, ainda com acne mas muito poucas e só nas bochechas rs, cabelo melhorou, cresceu está de revista rs, mas não sei se tem ligação com a gravidez ou com as novas técnicas mais saudáveis que adotei no ultimo ano.




 Problemas odontológicos : De Ryan, não senti nada, nenhuma dor ou desconforto, não visitei o dentista nenhuma vez.
Já agora meu segundo trimestre foi marcado por tratamentos odontológicos autorizados pela obstetra, vários dentes para tratar, gengiva doente, emfim um caos, estou na reta final desse tratamento logo farei um post contando melhor sobre os tratamentos, pois muitas não vão ao dentista por medo de fazer mal ao bebê, ou por achar que não se pode tratar durante a gestação.


Barriga: Minha barriga de Ryan era pequeninha e super empinada, custou a aparecer.
Já nessa Segunda viagem, a barriga mudou seu formato está redonda, e não porque engravidei gordinha, pelo contrário estava com ela zerada e mais magra do que da primeira vez, um pouco maior também comparado as mesmas semanas de Ryan.
Cuidados intensificados, cremes, óleos tudo para evitar o aparecimento das temíveis estrias.


Sono: Na primeira gravidez ele veio cedo e me derrubava fácil, nos tempos atuais ele veio agora no segundo trimestre, ao ponto de um cochilo no meio da tarde ser solicitado rs, Ryan raramente embarca no sono comigo, mas o papai sempre insiste para que eu descanse e cuida do príncipe.



Eis a principal diferença, o que muda tudo, gravida e com um bebezão de 2 anos e 6 meses para cuidar rs
Meu primeiro trimestre foi puxado, pois como já contei foi necessário repouso moderado, o que fiz ao meu modo, mesmo com um super marido que faz todo serviço da casa e cozinha, nosso filho é muito ligado com a mamãe, ama colo, dengo, carinho...
As dores nas costas são frequentes, o sono as vezes é adiado pois fico com peninha já que ele pede para que eu brinque com ele...
Estou super atrasada com enxoval, guardei absolutamente tudo de Ryan e vou poder aproveitar muita coisinha neutra, mas o rosa pink falta comprar rs
Ryan vai continuar no meu quarto, não vou fazer a transição agora para que não se sinta trocado.
Tento aproveitar nosso tempo juntos, dou toda atenção do mundo pra ele, colo apesar de pesadinho...


Estamos curtindo essa segunda gravidez, mas o tempo passa e nem nos damos conta, de Ryan pude me deleitar mais com cada detalhe isso é incomparável rs
Falta pouco para entrarmos no último trimestre espero resolver tudo nesse pouco tempo que resta...
O blog demora para atualizar, escrevo a noite principalmente, mas acabo esquecendo acho que é aceitável né moças, vida de mãe não é fácil, mas é uma delícia...

Uma boa semana a todas..










sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Baby Two: Capítulo IV: Descobrindo Sexo...

Confesso que depois dos sustos iniciais o sexo era minha menor preocupação, tanto que só realizei a ultra com 17 semanas, com Ryan confirmamos com 15 semanas.
Antes de tentar logo quando decidimos engravidar novamente os planos eram tentar uma meninha, assim teríamos o casal, mas a ideia de ter 2 meninos também era tentadora...
Depois da Gravidez Química o sexo não foi mais planejado como algo importante.
Por causa dos problemas de ph ácido de mais, tomei medidas para neutralizar a área, o que acreditava que iria interferir no sexo, já que ambiente mais alcalino favorece os meninos...


O Grande Dia:

A ansiedade tomava conta, eu já havia anunciado para todos o possível sexo e já tinha comprado um body da cor clássica rs
Chegamos e já fomos atendidos pelo mesmo médico da TN, o mesmo do palpite que segundo ele era certeza rs
Começa o exame logo as partes se mostram claramente e nitidamente para uma mãe de segunda viagem fica fácil rs
Sem rodeios veio a confirmação veio <3


Sim meu mundo agora também é cor de rosa, estamos radiantes, nossa família está completa, nosso sonho desde antes de virarmos tentantes se realizou, um casal  as duas facetas da maternidade, mãe de príncipe e princesa, não poderia estar mais feliz!
O nome ainda está sendo escolhido, mudamos de ideia algumas vezes rs




Obrigada pela visita, e uma boa semana a todas!

Ps: (Não está sendo atualizado em tempo real, DPP Janeiro-2017)


quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Baby Two Capítulo III: Translucência Nucal ...

O fim do primeiro trimestre é sempre um alívio não importa se é sua primeira ou 10º gravidez rs
Respirar aliviada, ver os riscos diminuírem, começar a curtir de verdade a gravidez, são sensações maravilhosas.
A TN é uma das ecografias mais bonitas e emocionantes, ver que seu pequeno grão tomou forma, se transformou em uma mini pessoinha um milagre dentro do ventre, o amontoar de células desabrochou para um bebezinho, tão pequeno e frágil mas tão grande seu impacto na vida de todos que o aguardam.
Com a troca de planos infelizmente perdi o Dr Maravilha, mas confesso foi até bom mudar de ares, depois da perda aquele lugar me deixava nervosa e tensa...
Ryan , papai e vovó foram junto para ver nosso amorzinho.
Lugar bonito, mas longe em outra cidade, chegamos cedo e tivemos que esperar um pouco, Ryan se divertiu com as outras crianças que também acompanhavam suas mães..
Já na sala de eco Ryan não gostou das luzes apagadas e pediu para sair com a avó...
Muito nervosismo, começa o exame logo surge o bebê , mamãe tenta ver todas as partes antes do médico rs
Tudo normal, mesmo com enjoos bebezinho se desenvolveu bem e forte.
Médico nos deu 90% sobre o sexo, ficamos surpresos, pois ele falou do nada rs, alegria define esse dia.
Não resisti e saímos dali para comprar uma pecinha de roupa já nas cores do sexo.
Mas conto melhor no post da ultra que confirmou os 90%.
Estamos usando o polivitamínico Damater, ácido fólico, ômega 3, os mesmos que usei na gestação de Ryan..

Para estrias o meu queridinho Luciara , alivia muito a coceira, e como evitou aparecimento de estrias na primeira gravidez, resolvi investir nele novamente.

Batidas de borboletas de leve muito tímidas apareceram na 14º semana, um alívio sentir essa sensação novamente.

O ganho de peso foi minímo , na verdade perdi e ainda não recuperei, nada de barriga aparente.

Depois da TN  contamos para todos a boa nova, nossa família reagiu muito positivamente, ficaram todos muito felizes, todos sabiam do nosso desejo por um segundo filho, não foi surpresa rs.

Não sinto diferença entre a primeira e a segunda gravidez, as pessoas perguntam se importam, dão atenção e carinho do mesmo modo, não senti indiferença como muitas mães de 2 relatam... 

Consigo descansar, marido cuida do nosso príncipe, tem dias que o sono bate forte rs

Estamos bem, firmes e fortes, lidando com as novas mudanças, curtindo mais, sem pressa sem correr com tudo rs


Uma boa semana a todos!

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Baby Two Capítulo II: 1º Ultrassom & Hematoma Subcoriônico!

Eu estava com 8 semanas quando marquei a primeira ultra do baby two, no mesmo lugar onde realizei as de Ryan, com o Dr Maravilha.
A ansiedade era a mesma, eu e marido estávamos muito ansiosos e felizes, pois da última vez que realizamos uma ultra nesse local foi para confirmar a perda do bebe ano passado...
Marcamos para parte da manha Ryan ficou sobe os cuidados da vovó paterna na qual tenho total confiança.
Começamos o exame, e logo vimos nossa pipoquinha feliz e saltitante com batimentos altos e embrião grande para idade gestacional acusando uma semana a mais, aparentemente tudo normal, até que quando estávamos acabando o exame uma mancha surgiu perto do saco gestacional, era o temido e assustador hematoma, com menos de um centímetro mas aterrorizante...
Dr Maravilha pediu para que entrasse em contato com minha médica, que era muito comum aparecer no primeiro trimestre, e por precaução deveria fazer repouso...
Óbvio que fiquei uma pilha de nervos, liguei para minha médica, enviei as fotos da ultra, e ela me disse o mesmo que era comum nada preocupante, que eu deveria fazer repouso moderado e mais nada, que provavelmente meu organismo iria absorver ou eliminar via vaginal esse sangue acumulado no qual é chamado de hematoma subcoriônico...
Chegando em casa pesquisei muito sobre o assunto, histórias com final feliz e perdas logo após se descobrir o hematoma...
Resolvi por conta e "empoderamento" fazer uso de progesterona via vaginal 200mg por noite, a controvérsias de que alguns médicos receitam nesses casos somente para mulher sentir que fez tudo que podia para ajudar o seu bebê, e foi isso que fiz já que mal não faria.
O repouso moderado consistia em não se abaixar, levantar peso, andar muito ou ficar muito tempo de pé, evitar stress e fortes emoções, abstinência sexual.
E por essa razão interromper a amamentação pois as contrações uterinas poderiam aumentar esse hematoma e causar um aborto. 
E uma ultrassom por semana até o hematoma sumir, ou notar sua evolução negativa.

Não se sabe ao certo as causas que fazem com que esse hematoma apareça, eu acredito que em partes fui culpada, não me cuidei como deveria, tratei como uma gravidez normal mesmo no início, acabei fazendo força de mais ao trocar o lençol da cama, não é frescura o colchão de uma cama King pesa horrores e acabei puxando um pouco para esticar bem o lençol...

Esclarecendo esse tal Hematoma!

Ele tem vários nomes, hematoma subcoriônico, descolamento ovular, descolamento do saco gestacional, ou descolamento de placenta(totalmente errado pois placenta não existe nessa fase).
Na maioria dos casos não se tem sintomas, mas podem ocorrer pequenos sangramentos via vaginal.
A explicação dada é que há uma pequena falha na hora da implantação onde o embrião quase se desprende, causando esse micro sangramento que se aloja perto do saco gestacional.
A grande maioria das gestações segue adiante sem nenhum problema e o hematoma some após algumas semanas ou dias dependendo do tamanho desse hematoma.
É feito um acompanhamento por ultrassom.
Seu disgnóstico é feito por ultras de rotina.

Imagens de ultras com hematoma presente:


Há também um famoso médico obstetra que alerta sobre os altos índices de hematoma no Brasil por falta experiência do médico ao realizar o exame, sendo um erro médico, em alguns artigos sobre assunto onde afirma se que se não ouve sangramento visível as chances de um diagnóstico de hematoma estar errado é imenso, e uma segunda opinião deve ser solicitada.

Fiz o repouso um pouco mais restrito, marido segurou as pontas e tomou conta de Ryan, os enjoos vieram cada dia mais fortes junto com o vômito após cada tentativa de me alimentar, plasil, Dramin , Meclin só me davam sono não ajudavam em nada...
Isso somado a tensão do desmame, o choro e emoção não tive como conter, do resto fiz tudo e um pouco mais para tentar segurar meu bebezinho...

Uma semana depois veio a resposta, o hematoma havia sumido, meu corpo absorveu, não haviam nem resquícios dele, mas por segurança o repouso moderado seria até as 12º semanas, e eu por minha conta decidi continuar com a progesterona.

Pude respirar emfim curtir um pouco, o medo de perder era muito grande, eu não tinha com quem conversar, então fiz maratona atrás de maratona de séries rs

Então se você chegou até aqui com esse diagnóstico, não se assuste, tudo vai dar certo, o corpo é sábio.



Observação:

Estamos já na metade da gestação no 5º mês o problema com hematoma foi solucionado realmente.
Vou atualizando aos poucos, então não se assuste com o andar das semanas voando a cada post..


terça-feira, 16 de agosto de 2016

Capítulo I: O Irmãozinho(a) De Ryan: A História a Ser Escrita Do Baby TWO...

Eu sei que prometi contar tudo nos mínimos detalhes quando engravidasse novamente, mas nem tudo saiu como esperava, o desmame imposto de Ryan...
Mas vamos desde o início, foi um ciclo sem muitas expectativas , minha acidez estava em alta, cheguei a usar o pre seed fora do período fértil, o que deu uma melhorada na hora das relações.
Como havia descoberto que aplicativos não funcionam fiquei meio perdida, minha ovulação aconteceu logo após a menstruação descer mas isso só fui descobrir depois...
Ainda estava no clima pós festa de Ryan escolhendo fotos, trocando presentes, quando passei a notar meus seios vazando como nos primeiros meses de amamentação e muito sensíveis amamentar ficou difícil.
 Nos dias seguintes me senti doente como se uma forte gripe fosse chegar, até observei a temperatura que em um certo dia caiu muito, até pensei que a menstruação fosse descer mais cedo, o estranho era o corpo eu sentia queimar...
Nos dias seguintes a temperatura subiu e se manteve alta, não chegava a ser febre mas perto, por essa razão decidi não tomar remédio para uma possível gripe..
No dia que Ryan completou 2 anos e 1 mês a noite me deu vontade de fazer um teste de gravidez, e pedi para o marido pegar, já que eram super sensíveis importados da marca Wondf, não queria deixar a vista se não faria tudo, sim sou a louca do teste de gravidez kkkk
Faltavam 4 dias para data da menstruação descer, marido me entregou muito a contra gosto pois achava que daria negativo, e eu ficaria triste afinal era nosso primeiro ciclo novamente...
Corri para o banheiro e fiz, e magicamente a segunda linha, chorei , tremi, sabe aquele choro forte de alívio de felicidade uma explosão de sentimentos...
Marido óbvio ouviu veio correndo, parou na porta do banheiro, mas eu não conseguia falar , ele coitado achou que tinha dado negativo e já veio falando para ter calma repetir dali dois dias...
Até que peguei na mão dele e coloquei o teste, ele olhou travou e chorou, nos abraçamos em silencio por alguns minutos e choramos...
Não contei para absolutamente ninguém além de meu marido, decidi só falar algo depois do beta já pronto e se fosse um valor alto, quando perdi meu bebe ano passado vi que amigos são família e ninguém mais.
No dia seguinte não fiz nenhum teste, uma calmaria tomou conta de mim, eu sentia em meu coração que dessa vez daria certo e confiei.. 
Realizei o beta no 3 dia , e em casa um teste o mais barato e menos sensível, no qual a segunda listra rosa e viva apareceu, e o beta se confirmou com um 85mUi-mL, alto para quem ainda não estava atrasada...
Decidi que só contaria para meu marido e sogra, e para o restante da família só com 12 semanas completas, com um aborto, zica rondando não queria preocupar ninguém.
Contei em alguns grupos mas me arrependi, felicidade causa inveja, muita inveja, recebi ataques gratuitos...
Mas como tudo é aprendizado e eu tenho uma luz unica e forte, me afastei de tudo que me atrasava, fiz uma faxina e me senti em paz, como se tivesse exorcizado demônios, foi revigorante.
Marquei minha primeira consulta com a Diva, troquei de plano para um mais completo para mais conforto e satisfação...

Foram passados exames de rotina, como faço em dia não teve muitas novidades, e a tão esperada ultrassom...
Na qual marquei com 8 semanas.
Enquanto isso tentei curtir, mas o medo de perder era imenso, me sentia insegura, perdida, e tive todo amor dedicação e cuidado do marido mais perfeito e querido do mundo, ele segurou minha mão e me deu forças quando eu cai, quando medo me sufocava de tal modo que eu tinha sensação de não conseguir respirar...
Não teve "amiga" não teve parente, foi só ele o tempo todo, nossa escolha, nossa nova jornada...

Angels Sound detectou batimentos com 6 semanas e 4 dias, o melhor conforto que eu poderia ter...
Os enjoos vieram fortes ao ponto de não conseguir comer, diferente da gravidez de Ryan sem nenhum incômodo. 

Nos próximos posts conto como foi a primeira ultra, o imprevisto, o medo, e a causa do desmame...




Posts não estão em tempo real, mas tudo que aconteceu será relatado de acordo com as anotações pessoais.  


sábado, 13 de agosto de 2016

O Desmame de Ryan..

Essa é a razão da ausência no blog, fiquei muito triste por ter que desmamar Ryan aos 2 anos e 2 meses, não foi uma decisão fácil, era algo que relutei até onde pude...
Por problemas médicos o desmame foi solicitado e tive de parar de amamentar imediatamente (outro post explico tudo direitinho).
Ryan aceitou bem, não chorou tanto como eu imaginava, mas eu por outro lado me senti um lixo e só chorava dia e noite...
É difícil, não tive apoio de nenhuma amiga, a maioria pouco sabia sobre amamentar, muitas nem até os 6 meses conseguiram, ou por falta de informação, comodidade ou opção, o que não julgo cada um faz o que é melhor para si, a questão é que me vi sozinha, e só ouvia que ele já havia mamado o suficiente, que passaria a comer melhor sem o tete, isso vindo de mães de filhos gordinhos e com sistema imunológico frágil, Ryan é um touro de forte, e gordura nunca foi parâmetro de saúde, bem pelo contrário...
Me isolei do mundo, tive inicio de depressão, não foi algo fácil, foi uma experiencia traumática, posso dizer que foi minha maior dificuldade até o momento.
Amamentação prolongada é visto com maus olhos, e os principais juízes são outras mulheres, outras mães, algumas por inveja, outras por ciúmes do boy, outras por achar ser coisa de pobre, emfim gente doente... 

Hoje fazem quase 3 meses de desmame, Ryan ainda dorme abraçado ao tete, pergunta se o leite acabou, mas não pede mais...
Eu conversei com ele e fui sincera de forma lúdica ele entendeu, não teve uma fórmula ou algo mágico...
Hoje ele toma duas mamadeiras cheias, come mais, mas o peso não alterou continua ganhando o mesmo de antes.
Teve um episódio de rinite alérgica, mas não fez tratamento pois teve reação ao anti alérgico, e se curou por si só.

Amamentar é doação, é dormir mal, sentir fraqueza mas nunca desistir, optar por não oferecer chupeta, mamadeira e a livre demanda, são pouquíssimas mulheres que conseguem amamentar por mais de 1 ano, tenho um marido e pai maravilhoso que faz a sua parte e teve grande importância nesse processo essa vitória é nossa.
Minha família também sempre me apoiou e incentivou muito.

Hoje já olho nossas fotos... centenas no tete sem chorar compulsivamente, sou grata pelo leite que jorrou dos meus seios, de conseguir realizar o sonho de amamentar, de ter um filho lindo e saudável todo esforço, noites sem dormir se reflete na saúde e bem estar de Ryan e isso definitivamente não tem preço.
recordações lindas , momentos inesquecíveis amor líquido, o elo entre mãe e filho fora da barriga, eu fui a unica fonte de alimento, a unica a apreciar esse momento, nosso momento...

Só carrego um sentimento no peito GRATIDÃO...


Um bom final de semana a todos, logo logo atualizo vocês do motivo do desmame, e de tudo que rolou nesses últimos meses.. 

sábado, 25 de junho de 2016

Filhos Estragam o Casamento?

Já perdi as contas de quantas vezes ouvi que a chegada de um filho estraga o relacionamento do casal, assunto polêmico , mas vou expressar o que realmente acho sobre esse assunto.

Não filho não estraga, não atrapalha em nada, o que acontece é que na maioria dos casos os casais tem filhos já com um casamento em declínio.
Quando a gravidez é acidental e nenhum dos dois está preparado é sempre um baque muito grande, um joga culpa e responsabilidade no outro, e se a relação é recente, é certo que o final se dá antes mesmo da criança nascer, namoros que iniciam com gravidez 90% acabam.

Outro caso é o casal que está a tempo juntos porém só a mulher sonha com o filho, e cai na burrada de achar que quando engravidar num passe de mágicas o marido ogro vai se transformar em um príncipe SQN, o marido diz com todas as letras que não é o momento, que quer crescer na carreira, melhor a situação financeira, ou seja tem outros planos para antes do bebe, mas a mulher faz chantagem, birras, insiste, deixa atordoado o pobre do homem que para se ver livre do assunto diz ok vamos tentar, mas na verdade no íntimo ele deseja que a esposa demore para engravidar.
Ela engravida antes de completar 1 ano de tentativas, é obvio que o marido não muda em nada, as vezes tende a ficar mais irritado, bravo e não liga para gravidez, vai as ultras por obrigação não por prazer de ver o filho(a).
Se a mulher é dependente financeiramente a situação é pior, tem que mendigar insistir para o marido comprar o básico para o filho(a), se ela tem seu próprio dinheiro compra tudo a seu gosto sem stress, sem pedir para família ajudar.

A criança nasce, o marido que trabalha chega em casa quer janta, casa limpa bebe em ordem e esposa arrumada, pois "ele já faz muito sustentando a casa..."
Ela não dá conta, vem as brigas cada vez piores, nem sexo acontece pois ela se sente insegura com o novo corpo adquirido pós maternidade, ele começa a chegar tarde em casa, já tem outra na rua e talvez já tivesse antes mesmo dela decidir engravidar...
As vezes ela descobre aceita, na tentativa desesperada de manter uma família que nunca existiu, as vezes ele sai de casa para ficar com a outra, as vezes ela tem um pouco de amor próprio por si e pelo filho(a) e termina a relação, as vezes ela se descuida e em um momento de fraqueza eles fazem sexo e ela engravida de novo, um acidente não planejado que coloca o ponto final na relação, pois ele a culpa.

O que estraga um filho é um casamento decadente , cheio de brigas, sem amor, apenas comodidade, isso deixa marcas em uma criança.

Filho não destrói nada, se existe amor não importa se foi planejado ou não o casal se une ainda mais, se ajuda, pois são companheiros.

O que acaba é o que já não estava bem, se arrastava, uma relação doente onde ninguém buscou tratar, resgatar o amor e o respeito.

Um filho muda a vida sim, é um turbilhão de coisas novas, a vida muda da noite para o dia drasticamente, mas se o casal escolheu e decidiu isso juntos de coração aberto desde o início, podem vir quíntuplos que o amor e companheirismo não serão abalados em nenhum momento.

A decisão de ter um filho ou mais é algo sério, envolve uma porção de coisas, precisa de estrutura, física e financeira, escola, plano de saúde nada disso vem de graça, o de graça não tem qualidade, deve ser pensado e repensado umas mil vezes, botar um filho no mundo só porque a blogueira famosa cheio de patrocínio tem uma penca e você acha legal, se ilude com os vídeos onde parece ser fácil e tudo muito lindo, não é o motivo certo, ou só porque a amiga resolveu tentar e você também quer, não é o motivo, olha a vida e relacionamento da amiga e depois olha bem para o seu, reflita...


E parem de reproduzir o discurso que filho acaba com casamento, e corrija quem dizer, quem acaba são os adultos quando resolvem agir feito crianças...



Texto polêmico , mas que serve para refletir sobre os "causos" que ouvimos e toda vez que eles vem acompanhada da frase clichê que filho estraga relações. 

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Tentantes : Conceive Ou Pressed ? Qual O Melhor?

Toda tentante já deve ter ouvido falar dos lubrificantes amigos da fertilidade, que ajudam muito na concepção quando a mulher tem pouca produção de muco, ou até mesmo um muco hostil.
Existem outras marcas, porém vou me prender as mais conhecidas e que já fiz uso então posso falar sem achismo baseando se em minhas experiências pessoais.

Vamos fazer um comparativo prático de simples entendimento, tentando esclarecer as dúvidas e curiosidades sobre os produtos.

Ambos não são "jabá" paguei do meu próprio bolso, não tem parceria , não se trata de um publi post.


Batalha dos Lubrificantes :


Valores:
Conceive plus: Em média é encontrado por 80 a 200 reais, e tem 3 tamanhos, 30mls e 75 mls, e em embalagens individuais com 8 aplicadores de 4g, por isso a variante de preço.


Pressed: Em média de 160 a 250 reais, só temos a versão 40 gramas com 9 aplicadores inclusos.


Rendimento:

Conceive Plus: As versões de 30mls e de 75 mls não vem com aplicadores, o que ocasiona desperdício de produto, é um gel consistente grossinho e difícil de tirar do tubo, além de precisar a cada aplicação de uma nova seringa esterilizada, em média dura 2 ciclos a versão que usei foi a de 30 mls.


Pressed: Fácil de manuseio tanto para encher os aplicadores e conforto na hora de aplicar, rende muito, pois é bem líquido e dá para usar apenas metade do que é indicado tranquilamente o que faz durar em média uns 4 ciclos. 


Eficácia: 


Conceive Plus: Usei no primeiro ciclo de tentativas do bebe 2 e engravidei, porém como todas que acompanharam sabem que a gravidez foi na verdade química, depois usei até o final nos mês seguinte a perda mas sem sucesso.

Pressed: Usei no primeiro mês de tentativas da primeira gravidez, tive suspeita de gravidez química, no mês seguinte usei novamente e resultou em Ryan, e comprei novamente para tentar o bebe 2 na volta a vida de tentante, só posso dizer que é o melhor em todos os sentidos!


Considerações Finais:

Hoje se fosse voltar no tempo só teria comprado pressed, apesar de ser o com custo mais elevado no Brasil é o que mais vale o investimento no meu ponto de vista, sempre tive pouco muco e depois da perda ficou hostil e nem por um milagre engravidaria pois estava um poço de acidez , que com cuidados e pressed meu ph ficou perfeito novamente.
Ambos resultaram em gravidez sim, ou seja cumprem bem seu papel, mas pelo quesito, rendimento, consistência , e facilidade de aplicação minha preferência e indicação vai para o Pressed sem dúvida nenhuma!

Então se você está pensando em investir em um lubrificante caro, fica a dica, tem resenha detalhada dos dois produtos aqui no blog se ainda restarem dúvidas procure na lupa que encontrará um rico relato cheio de detalhes sobre cada um deles.



Uma boa semana a todas!

#VemPositivo