TwoBaby

Em Breve!

Em Breve!

sábado, 23 de junho de 2012

Cigarro: Hora de parar...

    Pensei muito antes de fazer este post, pois é um assunto que gera muita polêmica, nos dias de hoje nota se um grande número de mulheres fumantes, todo mundo sabe cigarro faz mal o fumante sabe , e a maioria cai na ilusão de que para na hora que decidir...
   Sou fumante desde meus 17 anos, e como com a maioria comecei por brincadeira , mas com o passar do tempo me tornei quase uma fumante compulsiva, não me orgulho disso , tenho vergonha e escondo da maioria das pessoas que não tenho contato próximo...
 Depois que comecei a planejar uma futura gravidez , vi que era a hora de dar um basta, deixar de vez esse vício maldito, acredito que só mulheres sem um pingo de amor e consideração com o filho fumam na gravidez e amamentação, sem dizer que é falta de vergonha na cara, fico furiosa quando vejo uma grávida com uma barriga enorme fumando , ou mães com seus bebês recém nascidos amamentando e as cinzas do cigarro quase caindo no inocente, é falta de amor, pois está envenenando  próprio filho...
 Então como sou contra isso, resolvi criar vergonha na cara e parar de fumar, fácil não é, a primeira semana tem sido tenebrosa , me sinto irritada, depressiva , um inferno para ser bem sincera, mas vai valer a pena para minha saúde e bem estar, fora a economia $250,00 reais sobrando no fim do mês...
 Venho de uma família de fumantes , meu avô morreu de câncer por conta do cigarro, estou cercada de exemplos, não quero ser uma pessoa doente no futuro, não quero que meus futuros filhos cresçam na neblina de fumaça....
 Então aguardante/tentantes que ainda fumam pensem nisso , dizem que uma mãe é capaz de tudo por um filho, comecem desde já abandonando o vício, não é impossível parar, basta querer, querer com vontade....
 Deixo essa imagem que explica o mal que o cigarro pode fazer para o feto:


   

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Mulheres Guerreiras: A luta por um sonho.

 Bem meninas resolvi fazer esse post depois de ver em muitas comunidades, fóruns na internet a luta de muitas mulheres que enfrentam problemas que dificultam e diminuem as chances de engravidar, são verdadeiras guerreiras que mesmo com a triste realidade não desistem de seu sonho, tentam não se abalar , e seguir em frente no seu sonho, vejo que nesses casos a primeira reação ao receber o diagnóstico não favorável é a revolta: 
 "- Porque justo comigo? estou sendo castigada? mulheres abandonam seus bebês , jogam no lixo e eu não consigo gerar um em meu ventre! isso não é justo! por que??."
 A maioria se pergunta, se indaga sobre isso, depois vem a fase da depressão , onde o choro, as brigas no casamento afloram com intensidade...
 A fase da raiva não demora a aparecer, ela se culpa, culpa o marido, dá as costas a suas crenças, sente lá no fundo, mesmo não querendo admitir uma inveja de mulheres grávidas, e raiva das péssimas mães...
   Depois desse turbilhão de sentimentos, que podem durar por mais tempo que o necessário, vem a calmaria, a aceitação de sua condição, começa a aprender a lidar com seu problema de frente, a esperança se renova e agora preparada para grande batalha, esses sentimentos voltam mas em doses leves, a ansiedade toma conta de sua vida, você começa a achar que está ficando louca, passa os dias pesquisando tudo sobre o seu problema, usa dica daqui da li e nada a "Mostra" continua dando as caras mês a pós mês, e você toda vez que vê aquela "manchinha " na calcinha se desespera, chora quietinha no banheiro....
  Sempre com um sorriso no rosto, mas com o coração em pedaços, não conta pra ninguém pois não quer as pessoas te olhando com um olhar de pena, se sente, mal , envergonhada e uma péssima mulher, pois é incapaz de gerar uma vida...
  Até que um dia, sua menstruação atrasa, você está nervosa e ansiosa, corre na farmácia e compra 5 testes de gravidez pois quer ter certeza, e aqueles cinco minutos do teste parecem horas ... mas com os olhos marejados de lágrimas vê suas 2 listrinhas, liga para o marido eufórica, para mãe, sogra, publica nas redes sociais, enfim seu milagre aconteceu, está radiante e feliz...
  E com 2 meses de gestação já tem praticamente tudo que seu bebê irá precisar, mesmo sem saber o sexo, se sente realizada...
  Mas em um dia normal, se deita para descansar, tudo está indo tão bem..., até ir ao banheiro e na bacia branca do vaso algo diferente sangue... ao se secar nota cada vez mais, não pode ser....

 Sim o sonho acabou, você está triste sem chão, sem rumo, e nada, absolutamente nada tira o peso e a dor de um aborto, você decide não tentar mais, se magoou de mais...


 Depois de um ano mais ou menos, com o sonho ainda vivo em seu coração mas sem paranóias , culpas , uma nova mulher, você então descobre que está grávida, vem o medo de perder de se magoar novamente... mas graças a sua luta nove meses depois está segurando seu primeiro filho, mais segura e feliz do que nunca, agora é mãe e isso só você sabe o quanto mudou sua vida....




   Bem meninas, esse texto é uma reflexão a realidade de muitas mulheres que sofrem com: Síndrome dos ovários policísticos, Endometriose ,Obstrução tubar entre outras... 
  Mas que não desistem, nem devem desistir nunca do sonho de ser mãe, não importa que digam para desistir, que não vão conseguir, escute seu coração, a fé move montanhas, tenha fé em você!
 A luta não é fácil, é cheia de autos e baixos, mas lembre se não há vitória sem luta, existem inúmeras histórias de vitórias de mulheres que conseguiram seu milagre, porque não desistiram!!!

 Então dedico esse post a todas vocês, mulheres guerreiras, sonhadoras e futuras vencedoras, não deixe seu medo ser maior de que seus sonhos, pense positivo sempre! 
     Dedico especialmente a minhas amigas da comunidade: Tentantes: caminhando ao sonho.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Evite as temidas estrias desde já!

 Essas "listrinhas" apavoram e tiram o sono da maioria das mulheres, tratamentos existem e podem amenizar o problema mas não extinguir de vez.
 As estrias podem aparecer em qualquer idade, a obesidade ou efeito sanfona são os vilões que favorecem o aparecimento dessas listras indesejáveis , a genética também é um atenuante forte.
 Logo de inicio aparecem de com uma tonalidade vermelha e costuma coçar muito, depois de um tempo se tornam brancas onde são definitivas infelizmente.
 Na gravidez a um índice maior de aparecimento de estrias , já que o corpo sofre uma grande transformação e a pele se estica muito principalmente na área da barriga e seios.
 Então aguardantes/tentantes comecem desde já a hidratar  essas áreas de risco, todos os dias, com óleos de preferência de sementes de uva, ou com os cremes que já está habituada, esse pequeno cuidado, um carinho em nós mesmas podem fazer muita diferença no futuro.
 Minha mãe sempre teve esse cuidado, e passou por 2 gestações , e não teve nenhuma estria, nada mesmo, ficou com a pele limpa, já uma prima que não teve nenhum cuidado e ainda por cima coçou , ficou com a barriga e seios minados de estrias.
 Sempre tive esse cuidado desde menina e não tive problema algum, todos os dias após o banho hidrato o corpo todo com cremes a base de uva, agora no inverno os cuidados devem ser redobrados pois o frio  deixa a pele muito ressecada.
 São pequenas mudanças que podem garantir essa sua pele lisa no futuro, então comece desde já , e assim que for promovida a gestante esse cuidado aumenta , de uma para três vezes ao dia, é trabalhoso, porém melhor ter esse cuidado do que as temidas "listrinhas" com você pelo resto da vida não é mesmo? porque vamos combinar que listras só ficam bonitas em 
zebras rsrs.        

terça-feira, 5 de junho de 2012

Dica para facilitar sua vida

 Hoje venho com uma dica para mulheres modernas rs, procurando novos aplicativos para Android, me deparei com um que achei maraaaa, adorei, principalmente por ser fácil e muito prático de se utilizar.
  WomanLong: É um calendário menstrual e de fertilidade para mulheres, super recomendo , ele se encontra em duas verões a grátis e a paga.
  Bem vou citar algumas coisas que você vai encontrar nesse aplicativo: 
 _Ciclo menstrual e período 
 _Registro do peso
 _Peles
 _Previsão de ovulação e fertilidade
 _Gráfico BMT
 _Estatísticas 
 _Estado de humor   
  
 E melhor tem o idioma Português , estou usando a poucos dias, mas estou amando, agora tenho mais controle, anoto o dia do intervalo, começo do ciclo, humor, tudo com uma facilidade muito grande, a paga não tem tantas coisas a mais como se pensa, a unica coisa que acho que faz falta é o monitoramento no muco cervical, que se encontra na versão paga.
 Então meninas é fácil de achar na Market , e melhor não ocupa muito espaço na memória.
 Gostou da dica? então comente, estou sentindo falta de comentários aqui no blog, bora deixar de timidez #SuasLindas.
 

sábado, 2 de junho de 2012

Vida de Aguardante..

 Vida de aguardante tem mais fases do que a lua, é um misto de emoções, e também um pouco triste as vezes, pois é sonhar com os pés no chão, por mais desejo e vontade de tocar longe a pílula anticoncepcional, continuar a tomar regrada-mente todos os dias... E se não bastasse, a sua volta pipocam mulheres grávidas lindas com seus barrigões , e você se sente vazia pensa no tempo, calcula daqui e dali tenta prever quando poderá se entregar a maternidade...
 Tentantes já estão a um passo do sonho se realizar, sabe que a qualquer mês seu positivo pode aparecer, aguardantes esperam virar tentantes, ansiosamente ....
 Claro que vai ter aquele momento "jogar tudo pro alto" em que vai dizer a si mesma:
   _Mês que vem eu paro de me cuidar! essa será a última caixa!
 Mas este estopim é passageiro, com a cabeça mais calma volta ao seu projeto inicial, se foca nas metas...
 Ser aguardante é uma fase que poucas mulheres passam nessa vida, a maioria bateu a vontade para de se cuidar e pronto tem seus bebês , não há preparação , muitas com casamentos falidos, caindo na ilusão de que mudará alguma coisa, selando assim um divórcio...
  Mães aguardantes , que passaram a tentantes, gestante , e por último mães, vivenciam mais as emoções , são mães diferentes, se destacam das de mais, tem mais paciência são mais carinhosas, se esforçam para ser uma boa mãe, observe um casal que planejou uma gravidez desde o início e compare com um outro casal que simplesmente "aconteceu" uma gravidez, a diferença se destaca logo de cara.
 Sempre digo a gravidez é do casal os dois devem estar envolvidos nisso juntos , marido acompanhar a esposa nas consultas uma parceria afinal é o fruto de amor cultivado , isso mostra o quão presente esse pai será na vida do filho(a).
 Maridos, Noivos, também devem viver essa fase de aguardante , fazer planos, sonhar, sei que não são muitas as mulheres que tem o privilégio  de ter um marido assim infelizmente.