TwoBaby

Em Breve!

Em Breve!

sábado, 25 de junho de 2016

Filhos Estragam o Casamento?

Já perdi as contas de quantas vezes ouvi que a chegada de um filho estraga o relacionamento do casal, assunto polêmico , mas vou expressar o que realmente acho sobre esse assunto.

Não filho não estraga, não atrapalha em nada, o que acontece é que na maioria dos casos os casais tem filhos já com um casamento em declínio.
Quando a gravidez é acidental e nenhum dos dois está preparado é sempre um baque muito grande, um joga culpa e responsabilidade no outro, e se a relação é recente, é certo que o final se dá antes mesmo da criança nascer, namoros que iniciam com gravidez 90% acabam.

Outro caso é o casal que está a tempo juntos porém só a mulher sonha com o filho, e cai na burrada de achar que quando engravidar num passe de mágicas o marido ogro vai se transformar em um príncipe SQN, o marido diz com todas as letras que não é o momento, que quer crescer na carreira, melhor a situação financeira, ou seja tem outros planos para antes do bebe, mas a mulher faz chantagem, birras, insiste, deixa atordoado o pobre do homem que para se ver livre do assunto diz ok vamos tentar, mas na verdade no íntimo ele deseja que a esposa demore para engravidar.
Ela engravida antes de completar 1 ano de tentativas, é obvio que o marido não muda em nada, as vezes tende a ficar mais irritado, bravo e não liga para gravidez, vai as ultras por obrigação não por prazer de ver o filho(a).
Se a mulher é dependente financeiramente a situação é pior, tem que mendigar insistir para o marido comprar o básico para o filho(a), se ela tem seu próprio dinheiro compra tudo a seu gosto sem stress, sem pedir para família ajudar.

A criança nasce, o marido que trabalha chega em casa quer janta, casa limpa bebe em ordem e esposa arrumada, pois "ele já faz muito sustentando a casa..."
Ela não dá conta, vem as brigas cada vez piores, nem sexo acontece pois ela se sente insegura com o novo corpo adquirido pós maternidade, ele começa a chegar tarde em casa, já tem outra na rua e talvez já tivesse antes mesmo dela decidir engravidar...
As vezes ela descobre aceita, na tentativa desesperada de manter uma família que nunca existiu, as vezes ele sai de casa para ficar com a outra, as vezes ela tem um pouco de amor próprio por si e pelo filho(a) e termina a relação, as vezes ela se descuida e em um momento de fraqueza eles fazem sexo e ela engravida de novo, um acidente não planejado que coloca o ponto final na relação, pois ele a culpa.

O que estraga um filho é um casamento decadente , cheio de brigas, sem amor, apenas comodidade, isso deixa marcas em uma criança.

Filho não destrói nada, se existe amor não importa se foi planejado ou não o casal se une ainda mais, se ajuda, pois são companheiros.

O que acaba é o que já não estava bem, se arrastava, uma relação doente onde ninguém buscou tratar, resgatar o amor e o respeito.

Um filho muda a vida sim, é um turbilhão de coisas novas, a vida muda da noite para o dia drasticamente, mas se o casal escolheu e decidiu isso juntos de coração aberto desde o início, podem vir quíntuplos que o amor e companheirismo não serão abalados em nenhum momento.

A decisão de ter um filho ou mais é algo sério, envolve uma porção de coisas, precisa de estrutura, física e financeira, escola, plano de saúde nada disso vem de graça, o de graça não tem qualidade, deve ser pensado e repensado umas mil vezes, botar um filho no mundo só porque a blogueira famosa cheio de patrocínio tem uma penca e você acha legal, se ilude com os vídeos onde parece ser fácil e tudo muito lindo, não é o motivo certo, ou só porque a amiga resolveu tentar e você também quer, não é o motivo, olha a vida e relacionamento da amiga e depois olha bem para o seu, reflita...


E parem de reproduzir o discurso que filho acaba com casamento, e corrija quem dizer, quem acaba são os adultos quando resolvem agir feito crianças...



Texto polêmico , mas que serve para refletir sobre os "causos" que ouvimos e toda vez que eles vem acompanhada da frase clichê que filho estraga relações. 

3 comentários:

Amor desde infância disse...

Tanta besteira que ouvimos né filhos selam o amor trás alegria bjo

Bruna Bueno De Lima Capelli disse...

Adorei o texto. Eu e meu marido passamos por crises após o nascimento do nosso filho, mas definitivamente por imaturidade de lidar com o novo. Filhos são benção!

Adorei o blog, estou seguindo!

Beijos

www.maternicesdabruna.blogspot.com.br

Isa P. disse...

Concordo plenamente.
Um filho quando bem planeado e desejado pelos dois não afecta em nada o casamento. Surpresas podem acontecer e haver uma gravidez não planeada, mas nem assim se pode dizer que ele vai estragar um casamento, tem tudo a ver com a situação afetida dos pais e não influencia dos filhos.

Gosto muito do teu blog e já sigo à algum tempo, espero brevemente ver uma publicação nova tua.

beijinhos 😘

momentosdiariosblog.blogspot.com

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião é importante para o crescimento e qualidade do Blog. Gratidão!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.