TwoBaby

Em Breve!

Em Breve!

sábado, 15 de agosto de 2015

Semana da Amamentação & Amamentação Prolongada

Na primeira semana de Agosto foi celebrada a semana da amamentação mundial e mesmo atrasado não poderia de fazer esse post e contar um pouquinho sobre amamentação prolongada.
Ryan mamou pela primeira vez ainda na sua primeira hora de vida, e juro para vocês foi fácil e indolor a pega foi de primeira, sei que parece mentira mas tive muita sorte nesse quesito, amamentação foi maravilhosa desde o inicio.
Ele mamou exclusivamente até o 6 mês de vida, no primeiro ano tive muito leite, empedrava doía horrores.
Sempre que saia tirava leite do peito e deixava para ele uma ou duas mamadeiras.
Ryan mamava o dia todo e a noite todinha, preferia o tete do que as comidinhas , a introdução alimentar foi lenta e gradual.
Até os 6 meses tive apoio de muita gente, mas após o 6 mês as coisas mudaram um pouco  rs

Amamentação Prolongada:

Ryan está com 1 ano e 4 meses e ainda mama bastante a noite,  durante o dia só nas horas de dormir ou relaxar no colo umas 4x mais ou menos.
Meu leite continua vindo com força, mas agora ele mama nos dois, antes tinha um preferido e aquele era o mais requisitado, ajudou a evitar empedramento.
Com a chegada dos dentes as vezes rola uma mordida, um corte profundo, dói demora para cicatrizar e muitas vezes amamento com lágrimas nos olhos de dor.
Pela facilidade e armazenamento fácil quando vamos sair em lugares públicos eu levo uma mamadeira com formula, quando ele era RN não me incomodava em amamentar em lugares públicos, mas com Ryan com 1 ano e 4 meses isso também mudou, os olhares inquisidores, os cochichos e pior sempre de mulheres que parecem nunca terem sido mães..
Quando ele não aceita mamadeira eu procuro um lugar afastado ou dentro do carro.
O apoio até mesmo do pediatra de Ryan sumiu o coro é desmame, ainda mais que penso em engravidar, gente o peito é meu tenho um para cada filho beleza ...  
Teve dias em que desejei uma noite de sono completa, cheguei a pensar em complementar mas o seio pingava e sei que morreria de remorso.
Pensei sim no desmame com 1 ano, mas vi que nem ele nem eu estávamos preparados para isso.
As fissuras pós dentinho doem muito , a cicatrização é lenta.

Mas só dele pedir tete, se aninhar no meu colo, olhar nos meus olhos e me fazer carinho enquanto mama, esqueço as dificuldades, esqueço a dor e vivo o amor daquele instante..

Um dia ele vai crescer e vai decidir parar de mamar e enquanto esse dia não chega vou curtir o máximo pois eles crescem rápido de mais!!!
O segredo é querer muito, confiar e ter paciência!











0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sua opinião é importante para o crescimento e qualidade do Blog. Gratidão!

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.